Vacinas podem gerar reações adversas em cães e gatos?

Nutrição adequada é fundamental para modular resposta imunológica

Uma falha humana na administração da vacina antirrábica provocou a morte de 11 cães na cidade de Magé (RJ) durante a primeira semana deste mês. O fato intrigou tutores e alguns chegaram a questionar a segurança do imunizante contra raiva, uma doença muito grave e fatal, que também pode ser transmitida aos seres humanos.

Mas o que se descobriu nos dias seguintes é que, em Magé, na verdade, os cachorros receberam insulina no lugar da vacina. 

“Uma animal que não é diabético, receber insulina, dependendo da dose, pode causar hipoglicemia grave e levar a óbito”, esclarece a médica veterinária Fabiane Sabino, especialista NUXCELL em saúde e nutrição animal.

Ainda assim, muita gente tem dúvidas sobre as possíveis reações adversas e quais alimentos podem ser administrados após a vacinação de cães e gatos. A nutrição adequada, inclusive com a suplementação de probióticos, é fundamental para ajudar a modular a resposta imune dos animais.

Confira no pergunte ao vet desta semana:

 

Adicionar comentário