Cão já detectou 90 bombas durante conflito na Ucrânia

As tropas russas não contavam com a astúcia de “Cartucho”, cão treinado para localizar explosivos

O cão farejador Patron,  que em ucraniano significa cartucho, já ajudou a identificar mais de 90 bombas desde o início da invasão russa, segundo afirmam os serviços da defesa da Ucrânia. Ele acompanha uma equipe do esquadrão anti-bomba em Chernihiv, no norte do país.

 Nas imagens e gravações, é possível ver o animal sendo preparado com um colete que tem seu nome bordado em alfabeto cirílico, antes de partir para o trabalho.

O pequeno Patron fareja bombas mais de dez vezes maior que ele e em campo, ele parte em busca de artefatos que ficaram perdidos e também os que não explodiram.

Herói nacional está estampando em material pró-Ucrania

O material encontrado representa um alto risco tanto para seus combatentes como para civis.

Chernihiv fica a 140 km da capital, Kiev, onde os combates seguem intensos. É nesta cidade que o governo ucraniano acusa as forças russas de terem matado civis em uma fila de pão.

Adicionar comentário