Prebióticos e Probióticos: uma dupla dinâmica na alimentação de gatos

Simbiótico favorece imunidade dos felinos

Os gatos podem ter problemas mais frequentes de estômago por conta da grande quantidade de pêlo que ingerem ao se limparem.

Também é comum que os bichanos fiquem estressados ou debilitados com mudanças repentinas na rotina, passeios ou saídas ao veterinário. 

Nessas situações, eles ficam mais vulneráveis e são comuns dores abdominais, vômitos ou diarreia. O uso de pré e probióticos pode ser recomendado pelo médico veterinário para auxiliar na recuperação.

Imunomodulador

Probióticos são bactérias benéficas, que melhoram a absorção de nutrientes, a síntese de vitaminas e proteínas. 

Esses microrganismos “do bem” agem em simbiose com os prebióticos – que atuam como fonte de nutrientes para mantê-las sempre fortes e bem alimentadas. 

O simbiótico imunomodulador NUXCELL FEL ajuda a fortalecer o sistema imunológico e aumenta a capacidade de absorção de minerais pelo organismo dos felinos. 

🐾 Veja também: Doenças virais em gatos: fique atento aos sinais

Sistema digestivo dos gatos
Simbiótico fortalece a imunidade a partir do sistema digestivo

Essa composição específica e exclusiva para gatos contém ainda:

  • MOS e Beta Glucanas: contribuem para aumentar as células de defesa; 
  • Ferro e Cobre: atuam na prevenção da anemia;
  • Taurina: aminoácido essencial não produzido pelo gato;
  • Vitamina B12: melhora na resposta terapêutica;
  • Glutamina: melhora a função gastrointestinal e otimização da função do enterócitos;
  • Lisina: auxilia na diminuição dos sinais clínicos associados a doenças respiratórias.

Consulte sempre o seu médico veterinário de confiança para verificar em quais situações o uso é mais indicado!

 

Adicionar comentário