Gato Ragdoll: sabichão e brincalhão

Raça criada em meados do século XX é mistura de Burmês, Angorá e Sagrado da Birmânia

Conhecido por seu amor e afeto aos tutores, o gato Ragdoll é extremamente inteligente e dócil. Ele adora aprender truques e buscar bolinhas.

O exemplares dessa raça são reconhecidos pelo porte avantajado, alcançam até 60 centímetros e podem pesar até 10 kg!

Origem 

A raça foi criada por volta 1960, em Riverside, na Califórnia (EUA). Ann Baker a criadora da raça, obteve os primeiros exemplares de uma cruza de sua gata Josephine, uma Angorá, com um macho Sagrado da Birmânia.

Josephine - Mãe dos primeiros Ragdolls
Josephine – Mãe dos primeiros Ragdolls
Ann Baker
Ann Baker a primeira tutora

Nome curioso

O nome é uma em expressão em inglês que significa “boneca de pano” – por causa da mania que esse gato tem de ficar esparramado no colo do tutor. Além disso, dizem que o nome tem a ver com a musculatura, que é mais flácida que a dos demais bichanos.

Características 

Os Ragdolls não têm a expectativa de vida muito diferente da maioria dos gatos, a média é entre 12 e 17 anos. Porém, por serem considerados gatos muito saudáveis, com poucos problemas genéticos e bastante ativos, alguns podem chegar a 20 anos, se bem cuidados e levados com frequência ao médico veterinário.
Por ser um animal carente não é recomendado para famílias que ficam pouco em casa. Mas, se for o caso, o ideal é arrumar uma companhia para ele, considerando que eles se dão bem com outros animais.
Por terem pelos semilongos e propensos a nós, é preciso escová-los com frequência para garantir que os emaranhados não se formem. 
As cores mais comuns são:
  • Marrom;
  • Azulado;
  • Cinza;
  • Gelo;
  • Lilás;
  • Creme. 

Tamanho: 50 a 60 cm

Peso: 4 a 9 kg

Amado no mundo dos Famosos

A cantora americana Taylor Swift tem um gatinho Ragdoll, chamado Benjamin Button, seu nome é inspirado no filme “O Curioso Caso de Benjamin Button”. 

 Já a integrante da girlband coreana Blackpink, Lisa, deu o nome de Luca ao seu gatinho.

Adicionar comentário