Envelhecimento animal

O envelhecimento é um processo de deterioração orgânica natural, característica universal de todos os mamíferos. É um processo biológico complexo, que é caracterizado por mudanças progressivas e irreversíveis nas células e tecidos, que levam a uma redução do desempenho dos processos vitais do indivíduo, aumentando assim sua vulnerabilidade a doenças e a fatalidades. Os mecanismos do envelhecimento dos cães e gatos, ainda não estão totalmente elucidados, tudo que se sabe foi aprendido através dos conhecimentos sobre o envelhecimento humano.

Diversos fatores influenciam no processo de envelhecimento, tais como: porte, genética, ambiente e nutrição. Cães de raças pequenas envelhecem mais tardiamente, tendo uma expectativa de vida maior. Embora muitos pets permaneçam ativos e pareçam jovens, a maioria dos animais começa a demonstrar sinais de envelhecimento a partir dos 6 anos de idade.

Cada animal envelhece de uma forma, por isso a abordagem deve ser sempre individualizada. Os pets mais velhos têm uma probabilidade maior de doenças cardíacas, renais, endócrinas, osteoarticulares, tumores e distúrbios cognitivos.

Para um melhor cuidado nessa fase de vida, os tutores devem estar sempre atentos para reconhecer qualquer alteração no seu pet, as avaliações clínicas e os exames complementares devem ser realizados pelo menos a cada 6 meses, é importante realizar diagnósticos precoces para conseguir um melhor prognóstico e desse modo conseguir maior sobrevida com qualidade de vida.

A promoção do envelhecimento saudável começa na infância, manejo e cuidados adequados ao longo da vida podem proporcionar maior longevidade para os pets. Manter uma dieta de excelente qualidade, praticar atividade física regularmente, evitar o sobrepeso e a obesidade, cuidar da saúde oral, cuidar da saúde intestinal, ter um sono de qualidade, estimular a cognição com passeios e com enriquecimento ambiental, usar nutracêuticos com ação antioxidante e anti-inflamatória são fatores de extrema relevância para uma velhice saudável.

Texto: Laura Rocco

Adicionar comentário