Pug: doçura e simpatia conquistaram a realeza

🐕 Uma das raças mais antigas do mundo, é caracterizada principalmente pelas ruguinhas no corpo

A raça dos pugs é originária da Ásia, onde ficou conhecida, séculos antes Cristo, por ser a preferida da realeza na China, onde era conhecido como “Foo Dog”.

Mais tarde, foi levada à Europa pelos holandesese, em seguida, outros países europeus acabaram “adotando” o animal também. Foi reconhecida oficialmente como raça pelo AKC (American Kennel Club) em 1885.

Cães dessa raça são muito apegados à família

Os pugs encantam com muita facilidade crianças e outros animais porque são muito amorosos e apegados aos seus amigos.

Eles fazem um barulhinho (ronco) durante a respiração que os torna ainda mais especiais. Isso acontece porque são cães braquicefálicos, ou seja, têm focinho achatado.

Essa característica também faz com que sejam menos tolerantes ao calor, afinal, quando o pet tem focinho comprido, o ar é esfriado antes que chegue aos pulmões.

Cuidados especiais com cães de focinho curto

O Pug é perfeito para quem mora em apartamento ou com pouco espaço e para lidar com crianças. Afinal, é muito afetuoso, brincalhão, inteligente e de temperamento estável, um perfeito cão de companhia.

Características físicas

Acredita-se que os pugs tenham surgido a partir de cruzamentos de raças como o Pequinês eBulldog.

  • Expectativa de vida: 13 anos
  • Média de altura: 30cm
  • Média de peso: 10 kg
Pug adulto tem fama de preguiçoso e tendência a engordar

➡️ Eles não precisam gastar tanta energia e, consequentemente, não são esportivos, mas aguentam bem a agitação das crianças.

O cão adulto tem tendência ao ganho de peso e, normalmente, são bem gulosos e preguiçosos, podendo ficar por horas no colo de seus tutores.

Por isso, é indicada a prática de exercícios físicos leves, sempre com supervisão e controle rígido da dieta.

Por conta do focinho curto, Pug tem dificuldade para respirar

O cão da imperatriz

A esposa de Napoleão Bonaparte, imperador da França (1804 – 1814), Josephine, teve Fortune um cão da raça Pug muito amado, a ponto de sua tutora só dormir com o marido quando ele permitiu que o pet também ficasse na mesma cama que o casal.

The History of the Pug
Realeza europeia se encantou pela raça

Quando a rainha foi presa, a rainha colocava mensagens secretas na coleira do cão para se comunicar com imperador da França.

Adicionar comentário