Obesidade de cães e gatos pós-castração pode ser evitada

Nutrição adequada e mudanças de rotina compensam ganho de peso após a cirurgia

Quando se fala em controle populacional de animais, a castração é sempre a solução mais efetiva para evitar a reprodução descontrolada.

Além de contribuir para redução do número de cães e gatos abandonados, o procedimento também está relacionado à diminuição da incidência da raiva e de outras zoonoses.

A cirurgia é simples e indolor. Nas fêmeas, consiste na remoção do útero, trompas e ovários, enquanto nos machos é realizada a remoção dos testículos. Mas ainda há muitas dúvidas de tutores sobre o pós-operatório, especialmente quanto ao ganho de peso e à obesidade.

Segundo a médica veterinária Fabiane Sabino, essa pode ser uma consequência das mudanças de hábitos e do metabolismo, que ocorrem após a redução da carga hormonal em animais castrados.

“Em gatos, por exemplo, os estudos mostram que diminui o metabolismo desse animal. Então, sim, pode aumentar as chances dele ficar obeso… Já existem rações para gatos castrados que auxiliam nisso” – completa.

Ela lembra que a obesidade é um desequilíbrio na relação entre o número de calorias consumidas e gastas durante o dia:

“No caso de cães, existem alguns estudos que mostram que, na fêmea, a castração aumenta a vontade de comer… Então é importante a gente controlar esse acesso ao alimento”.

A dica vale para qualquer gato ou cachorro, castrado ou não. Você pode optar por substituir a ração por um alimento natural, preparado em casa, mas nunca alimentá-los com comida humana, nem misturada com ração.

Para aplicar esse tipo de dieta é preciso estar atento às necessidades nutricionais de cada animal, de acordo com o porte, gasto energético e possíveis comorbidades. Um médico veterinário  nutricionista pode elaborar um cardápio específico e balanceado.

Não ofereça alimentos, nem acostume seu pet a acompanhar suas refeições junto à mesa

Existem doenças endócrinas que também podem levar ao ganho de peso, mas é o consumo de calorias além do necessário a principal causa da obesidade.

Manter atividades físicas frequentes é fundamental para reequilibrar o gasto calórico com passeios, corridas e brincadeiras. Essa pode ser a principal ação para cães e gatos que ficam menos ativos após a castração.

Adicionar comentário