Husky: O cão siberiano

Com origens que remontam à pré-história, raça forjada pelo trabalho na neve ganhou os lares como animal de estimação na primeira metade do século XX

De porte médio, temperamento amigável, mas também atento e expansivo, O Husky é originário da região da Sibéria, na Rússia.

Uma tribo nômade conhecida como Chukchi foi responsável pela criação dos primeiros cachorros dessa raça, que na época já eram usados para o trabalho puxando trenós e também para a caça.

Em 1909, a raça desembarcou no Canadá para disputar corridas de trenó. Até a primeira metade do século XX, os Huskys eram conhecidos apenas por essas duas funções: corredores e trabalhadores.

Só a partir  1930, quando foi reconhecida oficialmente pela American Kennel Club (AKC), é que a raça começou a fazer parte de muitas famílias pelo mundo como animal de estimação.

Os machos da raça Husky siberiano são fortes e ágeis, mas nunca grosseiros. As fêmeas, igualmente, não demonstram fragilidade em sua estrutura.

➡️ TAMANHO
Machos: 53,5 cm a 60 cm.
Fêmeas: 50,5 cm a 56 cm.

➡️ PESO
Machos: 20,5 kg a 28 kg.
Fêmeas: 15,5 kg a 23 kg.

◼️ FILHOTES

Lembre-se de realizar todas as vacinas do cãozinho e escolha alimentos específicos para a idade dele. Além disso, procure iniciar a educação do seu Husky desde novinho, para que ele cresça e tenha uma socialização cada vez maior.

◼️ SOCIALIZAÇÃO 

Por ter origem de caçadores, os Huskys adoram caçar gatos e pássaros, então caso tenha felinos em casa e queira um cãozinho da raça, procure educar o seu pet para que ele consiga se socializar tranquilamente com os bichanos. Já com adultos, crianças e outros cachorros são acostumados a conviver.

Adicionar comentário