Cães e gatos são mais vulneráveis ao calor

Três cachorros são resgatados na mesma semana após serem deixados trancados dentro de carros; conheça os principais sintomas da hipertermia e saiba como evitar

As temperaturas recordes, acima dos 40ºC, registradas no Sul e Sudeste do Brasil nesta semana acendem o sinal de alerta para os riscos que o calor pode oferecer à saúde.

No domingo (16), mais um cachorro foi resgatado depois ficar cerca de quatro horas trancado dentro de uma caminhonete, em Balneário Camboriú (SC). Este foi o terceiro caso desse tipo em menos de uma semana no Litoral Catarinense.

Os cães estavam com sinais de desidratação e foram encaminhados a entidades que acolhem e prestam atendimento aos animais de rua.

☀️ Cuidados com pets no verão

Diferente dos humanos, cães e gatos não têm glândulas sudoríparas espalhadas pelo corpo, apenas nas regiões dos coxins (almofadas das patinhas) e nas narinas.

Braquicefálicos (cães com focinho curto) estão mais suscetíveis à hipertermina

Cuide com os passeios longos em horas quentes do dia, principalmente com cães de focinho curto. Os braquicefálicos, como pugs e bulldogs, se cansam mais rapidamente que o normal.

Se você não perceber os primeiros sinais de aumento da temperatura corporal, eles podem desenvolver a chamada hipertermia fatal.

📍 Os principais sintomas da hipertermia são:

  • Respiração rápida;
  • Hipersalivação;
  • Saliva espessa;
  • Mucosas orais de coloração vermelho escura (cor de tijolo);
  • tremores musculares;
  • vômitos e diarreia;
  • Incoordenação motora (andar cambaleante);
  • Perda de consciência, desmaios e convulsões.

 

⚠️ Se perceber algum desses sintomas, retire o animal do ambiente quente ou da exposição direta ao sol imediatamente. Ofereça água fresca, mas não o force a tomá-la.

🌊 Resfrie as patas, a região do pescoço e cabeça com toalhas molhadas ou água em temperatura ambiente e leve o animal imediatamente ao veterinário.

Atenção: os cães precisam estar vermifugados paqra usar a piscina!

📍 Se for liberar o banho de piscina, fique atento à:

  • Exposição ao sol;
  • Não deixe ele beber a água piscina;
  • De um banho antes e depois;
  • Não se esqueça de secar o cachorro por completo após os banhos

Receitas de picolés para cachorro